SFB e BNDES iniciam parceria com a concessão florestal de três flonas da região Sul

SFB e BNDES iniciam parceria com a concessão florestal de três flonas da região Sul

  • Publicado: Terça, 26 de Janeiro de 2021, 14h43
  • Última atualização em Terça, 26 de Janeiro de 2021, 17h17

As Florestas Nacionais de Três Barras, Chapecó e Irati serão as primeiras experiências de manejo sustentável no sul do país

O Serviço Florestal Brasileiro (SFB) e o Banco Nacional de Desenvolvimento Social (BNDES) lançam parceria, às 17h desta quinta-feira (28), para a gestão de concessão florestal das Florestas Nacionais de Três Barras e Chapecó (SC) e de Irati (PR). A colaboração vai agilizar as primeiras concessões florestais da região Sul do país. Em dezembro, os órgãos assinaram contrato para prestação de serviços técnicos para a concessão de oito florestas públicas federais.

aviso de pauta medioO evento contará com a presença da ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, do presidente do BNDES, Gustavo Montezano, do diretor-geral do SFB, Valdir Colatto, e do diretor-geral adjunto, João Crescêncio. O encontro também terá a participação virtual de representantes do Instituto Semeia, do World Resources Institute (WRI, da sigla em inlgês), do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), de órgãos públicos federais e estaduais, prefeitos e empresários.

De acordo com a parceria, o BNDES dará o apoio e fará a avaliação, a estruturação e a implementação de concessões florestais para a prática do manejo florestal sustentável. O foco será a exploração de produtos florestais madeireiros e não madeireiros das Florestas Nacionais de Três Barras e Chapecó, em Santa Catarina; Irati, no Paraná; Iquiri, Pau Rosa, Jatuarana, Balata – Tufari e da Gleba Castanho, no Amazonas.

O diretor de Concessão Florestal e Monitoramento substituto, José Humberto Chaves, acredita que a parceria com o BNDES vai fortalecer e dar celeridade à atividade de concessão florestal. “O maior ganho será o aporte de "expertise" técnica que o BNDES possui em apoio a projetos de estruturação de concessão florestal, conferindo mais agilidade, inovações e aperfeiçoamentos. Além disso, no caso das Flonas do Sul, vai nos ajudar a desenvolver um modelo totalmente novo para a concessão de florestas plantadas”, disse José Humberto.

A agenda de concessão florestal é prioritária para o Governo Federal, uma vez que alia conservação e a produção florestal. O Serviço Florestal Brasileiro é o órgão do Governo Federal responsável pela gestão das atividades de concessão das florestas públicas federais. Atualmente, estão em vigência 17 contratos que autorizam o manejo de produtos florestais madeireiros e não madeireiros, nos estados de Pará e Rondônia, que totalizam uma área de 1,05 milhão de hectares.  

Categoria:

 Contato para a Imprensa

Serviço Florestal Brasileiro
Assessoria de Comunicação
(61) 2028-7130/ 7155
imprensa@florestal.gov.br

Siga-nos no Twitter: sfb_florestal
Facebook: florestal.gov
Youtube: SFBflorestal