Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Projeto Paisagens Rurais
Início do conteúdo da página

Projeto Paisagens Rurais

Última atualização em Terça, 09 de Abril de 2019, 10h51

 

idv fip paisagem 01O Projeto “Gestão Integrada da Paisagem no Bioma Cerrado”, também chamado de Projeto Paisagens Rurais, tem como objetivo o fortalecimento da adoção de práticas de  conservação e recuperação ambientais, bem como de práticas agrícolas sustentáveis ​​de baixa emissão de carbono em bacias selecionadas do bioma Cerrado.

O Projeto desenvolverá atividades de treinamento e assistência técnica para a recuperação e conservação da vegetação de Áreas de Preservação Permanente (APP) e Reserva Legal (RL) e para a adoção de práticas de agricultura de baixo carbono (ABC) para melhoria e incremento de sustentabilidade nas pastagens de imóveis rurais. Assim, espera-se: fortalecer a implementação da regularização ambiental, incentivar o restabelecimento dos fluxos biológicos, a partir da ampliação da conectividade da paisagem, e dos fluxos hidrológicos e processos ecológicos. Com isso, o projeto visa levar aos beneficiários o aporte técnico necessário ao cumprimento do Código Florestal Brasileiro (Lei 12651/2012) nos imóveis rurais e disseminar o uso de práticas de agricultura sustentáveis, incluindo a integração Lavoura-Pecuária-Floresta (iLPF) e recuperação de pastagens degradadas, promovendo o planejamento do uso da terra, conciliando produção agrícola com conservação da biodiversidade.

Com recursos da ordem de US$ 21 milhões do Fundo de Investimento Climático (CIF), a serem disponibilizados por meio do Programa de Investimentos em Florestas (FIP), o Projeto Paisagens Rurais selecionou preliminarmente 53 ottobacias, que cobrem uma área de 12,5 milhões de hectares, distribuídos em nove estados (BA, GO, MA, MG, MS, MT, PI, SP, TO) do Cerrado. A seleção final das áreas de atuação do projeto será feita na fase inicial de implementação das atividades. O Distrito Federal será contemplado com alguns imóveis rurais para serem utilizados como áreas demonstrativas.

O Paisagens Rurais é coordenado pelo Serviço Florestal Brasileiro e pelo Ministério da Agricultura, Abastecimento (Mapa), tendo como parceiros a agência de cooperação técnica alemã GIZ, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTI), através do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), e a Embrapa. O Projeto conta com o apoio do Banco Mundial.

O Projeto Paisagens Rurais mantém mecanismos de reparo de queixas para dúvidas, críticas ou sugestões que estão descritos no Marco de Gestão Socioambiental do Projeto.

Acesse aqui o Marco de Gestão Socioambiental do Projeto.  

O Manual Operativo do Projeto Paisagens Rurais foi aprovado e aceito pelo Banco Mundial como normativo para as atividades do Projeto, contemplando informações gerais sobre os objetivos, os componentes, o arranjo Institucional para implementação e os critérios de elegibilidade. Para acessar o Manual Operativo, clique aqui.

Fim do conteúdo da página