Serviço Florestal Brasileiro

Portal do Governo Brasileiro

Mídias e Ferramentas

Brasília, 27 de Novembro de 2014

Busca no sítio

Informativos

Assine nosso informativo:

Órgãos vinculados ao MMA

  • Banner
  • Banner
  • Banner
  • Banner

Centros especializados

  • Banner
  • Banner

Inventário Florestal Nacional é lançado no Paraná

06/03/2013


Levantamento dos recursos florestais integra iniciativa nacional para conhecer os recursos florestais do país e gerará informações para políticas públicas de uso e conservação


O Paraná terá a quantidade e a qualidade de suas florestas levantadas por meio do Inventário Florestal Nacional (IFN), iniciativa lançada nesta quarta-feira, 06/03, em Curitiba (PR), com a presença do diretor-geral do SFB, Antônio Carlos Hummel, do secretário estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Luiz Eduardo Cheida, e do secretário estadual de Agricultura e Abastecimento, Norberto Ortigara, entre outras autoridades.

O levantamento será realizado em parceria pelo governo estadual e pelo SFB, como parte de uma ação nacional – o IFN – que visa conhecer os recursos florestais de todo o país.

Segundo Hummel, o Paraná se destaca no cenário florestal tanto pela presença de importantes remanescentes do bioma Mata Atlântica quanto pela economia baseada no setor florestal, cujos produtos geraram, só em exportações, R$ 1,1 bilhão em 2011. Nesse contexto, os resultados do IFN trarão informações capazes de gerar políticas de uso e conservação direcionadas às características do estado.

“O Paraná tem uma tradição florestal grande e o IFN, que é uma política estruturante de longo prazo, permitirá que a União, os estados e municípios conheçam suas florestas e avaliem suas políticas públicas, ajustando-as, se necessário”, afirma o diretor-geral do SFB.

Mata Atlântica
Dos 17 estados pelos quais se distribui o bioma Mata Atlântica, o Paraná é um dos que detém um dos maiores remanescentes florestais em termos absolutos, com cerca de 2,43 milhões de hectares em fragmentos acima de 100 hectares, que são os mais representativos para a biodiversidade, segundo o Atlas de Remanescentes Florestais da Mata Atlântica. O bioma abrange 98% do estado.

Os levantamentos do IFN começarão pelas mesorregiões Centro Sul, Sudeste e Centro Ocidental. “São áreas com concentração de florestas de araucárias no estado”, explica o gerente de Informações Florestais do SFB, Daniel Piotto. Os recursos foram disponibilizados pelo Fundo Global para o Meio Ambiente (GEF, na sigla em inglês), e são operados por meio da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO). 

Trabalho em campo
O IFN é feito por amostragem, por isso, o levantamento ocorrerá em 151 pontos definidos por coordenadas geográficas e distantes 20 quilômetros uns dos outros, conforme metologia nacionalmente definida. As demais mesorregiões serão levantadas em uma segunda etapa e farão com que cerca de 550 pontos, ao todo, sejam avaliados no estado.

As equipes técnicas medirão o diâmetro e a altura das árvores, identificarão as espécies que ocorrem no local e coletarão material botânico, verificarão o estado fitossanitário das árvores e farão outras medições e análises. Também serão realizadas entrevistas com moradores a até dois quilômetros do ponto de amostra a fim de saber como as pessoas percebem e usam os recursos florestais.

No estado, o IFN terá o apoio da Universidade Federal do Paraná (UFPR), que fará o controle de qualidade do Inventário; do Museu Botânico Municipal (MBM), que identificará o material botânico; e da Embrapa Florestas, que fará a análise de paisagem, ou seja, da transformação dos espaços geográficos.

O IFN já foi realizado em Santa Catarina e no Distrito Federal, e terá início no Rio Grande do Sul, também com recursos da FAO. Nos estados da Amazônia Legal, o levantamento deve começar também este ano, com recursos de R$ 65 milhões disponibilizados pelo Fundo Amazônia, gerido pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Contato para a imprensa
Serviço Florestal Brasileiro
Assessoria de Comunicação
(61) 2028-7130/ 7293 /7125/ 7277
comunicacao@florestal.gov.br

Siga-nos no Twitter: sfb_florestal
Facebook: florestal.gov

Compartilhar:
  • Adicionar aos Favoritos (depende do seu navegador)
  • Facebook
  • Twitter

  • Banner
  • Banner
  • Banner
  • Banner