Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Financiamento florestal
Início do conteúdo da página

Financiamento florestal

Última atualização em Quarta, 22 de Fevereiro de 2017, 10h47

financiamento florestalO crédito para financiar e custear atividades florestais é um dos principais instrumentos para a promoção do uso sustentável da floresta. Há diversas linhas que podem atender as demandas de empresas, cooperativas, comunidades, agricultores familiares, povos e comunidades tradicionais, as quais merecem ser divulgadas.

Nesse sentido, o Serviço Florestal Brasileiro atualizou o Guia de Financiamento Florestal, organizando as informações disponíveis quanto ao crédito rural e, sobretudo, enunciando as linhas que contemplam atividades florestais. Diversas atividades podem ser financiadas: o manejo florestal, a recuperação da vegetação nativa em áreas de preservação permanente (APP) e Reserva Legal, o plantio de essências nativas e de sistemas agroflorestais, silvipastoris, o plantio de florestas industriais, o beneficiamento de produtos florestais, assim como a comercialização e o capital de giro.

Este guia disponibiliza, de forma rápida, as principais informações sobre as linhas de crédito, suas finalidades e modalidades, seus beneficiários, limites de valores, taxas de juros, prazos de reembolso e carência, as garantias estipuladas e os agentes financeiros que as operam. Permite assim que o produtor rural visualize as opções disponíveis, compare e escolha aquela que melhor atende suas necessidades e condições. Para facilitar, atualizamos o quadro comparativo entre as linhas de crédito, além de acrescentarmos nesta versão outro quadro que, a partir das principais atividades financiáveis, sugere linhas de crédito para cada beneficiário.
 

Acesse aqui o  Guia de Financiamento Florestal 2016 e o Quadro Síntese - Guia de Financiamento Florestal 2016

Fim do conteúdo da página