Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Levantamento irá revelar situação das florestas em Pernambuco

  • Última atualização em Quinta, 02 de Março de 2017, 20h20

Inventário Florestal Nacional em Pernambuco terá início em março. Equipes visitarão 249 pontos para coletar dados sobre as florestas em todo o estado

Paisagem da CaatingaA Caatinga é o bioma predominante no estado de Pernambuco, onde há também ocorrência de Mata Atlântica. Mas quais são as espécies de árvores, qual o estado de conservação, qual o estoque de carbono na floresta, como a população usa os recursos florestais? Tudo isso começará a ser respondido, a partir de março, com a realização do Inventário Florestal Nacional em Pernambuco (IFN-PE).

A iniciativa, de abrangência nacional, é coordenada pelo Serviço Florestal Brasileiro (SFB), órgão vinculado ao Ministério do Meio Ambiente. Em Pernambuco, o levantamento será feito com o apoio do governo estadual, por meio da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas).

“O Inventário Florestal fará uma radiografia da biomassa florestal e do estoque de carbono e o levantamento das espécies arbóreas existentes em Pernambuco”, explica o gerente do Programa Mata Atlântica e Biodiversidade da Semas, Josemario Lucena.

Equipes irão a campo medir as árvores, analisar sua saúde e vitalidade, coletar amostras do solo e de material botânico, entre outros aspectos. O objetivo é conhecer não só a quantidade dos recursos como também o estado de conservação e a biodiversidade das florestas.

Além disso, serão realizadas entrevistas com moradores do entorno das áreas pesquisadas sobre sua relação com a floresta e o uso dos recursos, como a utilização para alimentar o gado ou de lenha para cozinhar. Esse levantamento com a comunidade é uma das novidades da metodologia do IFN.

“É um trabalho aprofundado, em larga escala e feito de forma sistemática. É um valioso instrumento de suporte e orientação para os governos e a sociedade no desenvolvimento e implementação de políticas de manejo e conservação das florestas”, ressalta o diretor-geral do SFB, Raimundo Deusdará.

Ações estaduais

O secretário executivo da Semas, Carlos André Cavalcanti, reforça a importância do inventário para o desenvolvimento de políticas públicas. “O Inventário Florestal Nacional em Pernambuco será de extrema importância para produzir conhecimentos sobre os recursos florestais do estado, fundamentando a formulação, implementação e execução de políticas públicas de desenvolvimento, uso e conservação desses recursos”, afirma.

O levantamento será feito em 249 pontos distribuídos em mais de 115 municípios. Serão três equipes, num total de 15 profissionais, entre engenheiros florestais, biólogos e técnicos agropecuários. A previsão é que o trabalho seja concluído em quatro meses. Serão investidos cerca de R$ 900 mil, com recursos do Projeto GEF (Global Environmental Facility) de Apoio ao IFN, geridos pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO).

O governo estadual será responsável por realizar o levantamento nas 82 Unidades de Conservação de Pernambuco, com recursos de compensação ambiental, no valor de R$ 1,5 milhão. De acordo com a Semas, essa segunda etapa ainda está em fase final de liberação de recursos.

No Nordeste, os inventários dos estados do Ceará, Sergipe, Rio Grande do Norte e Alagoas já foram concluídos e o da Bahia está em implementação. O levantamento também já foi concluído em outros seis estados brasileiros: Distrito Federal, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina e Sergipe. Ao todo, as equipes coletaram dados em mais de 150 milhões de hectares de florestas em todo o Brasil, até o momento.

Início das atividades

Para dar início ao IFN-PE, o Serviço Florestal realizará, de 7 a 14 de março, um curso sobre a metodologia a ser usada pelas equipes de campo. A capacitação será realizada na estação experimental do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), em Caruaru. Em seguida, as equipes já começarão a fazer o levantamento no município.

No dia 16 de março, o curso será voltado a integrantes da Semas e de organizações não governamentais, para conhecerem o processo de coleta de dados em campo.

Serviço
Capacitação e início do IFN em Pernambuco
Data: 7 a 14/03/2017
Horário: 9h às 12h e 14h às 17h
Local: Estação experimental do IPA em Caruaru
(Povoado de Malhada de Pedra – Caruaru-PE)

Contato para a Imprensa
Serviço Florestal Brasileiro – SFB
Cecília Jorge - Assessora do IFN
(61) 2028-7125
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade – Semas
(81) 3181-7913/7912
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Patrícia Correia
(81) 99965-1501
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Flávia Cavalcanti
(81) 99421-5570
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Fim do conteúdo da página