Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Serviço Florestal Brasileiro integra Comissão de Desenvolvimento Sustentável do Agronegócio

  • Última atualização em Quarta, 17 de Abril de 2019, 16h53

CAR, PRA e CRA serão estudados de forma integrada com outros programas do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

reunião abril mapa

A ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) instalou, na sexta-feira (12), a Comissão de Desenvolvimento Sustentável do Agronegócio, que tem como objetivo estruturar e publicar a agenda estratégica do Mapa para a sustentabilidade.

O Serviço Florestal Brasileiro, agora sob a administração do Mapa, integra esta comissão, juntamente com as recém-incorporadas a Secretaria de Aquicultura e Pesca, a Secretaria de Agricultura Familiar e Cooperativismo e a Secretaria de Assuntos Fundiários.  O novo diretor-geral do Serviço Florestal Brasileiro, Valdir Collato, participou da reunião de instalação.

Os grupos de trabalho que compõem a Comissão vão reunir iniciativas anteriores e estudar de forma integrada temas socioambientais como o Cadastro Ambiental Rural (CAR), o Programa de Regularização Ambiental (PRA), os planos de manejo florestal, a Cota de Reserva Ambiental (CRA), o zoneamento agrícola e ecológico, o Plano ABC, o RenovaBio, os programas de assistência técnica, as demarcações de terras indígenas e quilombolas, os programas de integração lavoura, pecuária e floresta, o Fundo Amazônia, o Programa Floresta Mais, entre outros. São ações que compreendem serviços florestais como o plantio em áreas degradadas, o inventário e monitoramento de florestas, entre outros.

reunião abril mapa2

O Brasil é o único país do mundo que tem a dupla vocação de grande produtor de alimentos e também de importante fornecedor de serviços ambientais. A ministra afirmou que produção agropecuária e o desenvolvimento sustentável precisam caminhar juntos, e cobrou ações efetivas da comissão para que o ministério seja protagonista no tema da produção sustentável para o Brasil e o mundo.

“Não haverá desenvolvimento se não houver renda, não adianta criar todo um discurso de sustentabilidade se não houver renda. O Brasil precisa achar um caminho para a sustentabilidade junto com a produção”, disse a ministra.  “O Brasil precisa mudar sua imagem de transgressor do meio ambiente. Isso não é verdade! Que daqui saiam ações importantes para a gente atingir o objetivo da produção brasileira ser altamente sustentável”, concluiu Tereza Cristina.

registrado em:
Fim do conteúdo da página