Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Evento apresenta preparativos para o XXV Congresso Mundial da IUFRO

  • Última atualização em Segunda, 09 de Abril de 2018, 15h35

O congresso será realizado em 2019 em Curitiba. São esperados mais de 3 mil pesquisadores da área florestal

Por: Comunicação FAO 

2018 04 09 Cafe Iufro FAOEm 2019, o Brasil vai sediar pela primeira vez na América Latina o XXV Congresso Mundial da União Internacional de Organizações de Pesquisa Florestal (da sigla Iufro, em inglês), que acontecerá na cidade de Curitiba (PR). A Iufro foi criada em 1892 em Viena, na Áustria e é uma rede global sobre pesquisa florestal, congrega mais de 700 instituições de pesquisa florestal de mais de 100 países.

Para apresentar o processo de organização deste evento mundial, foi realizado na última sexta-feira (6), um encontro promovido pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), o Serviço Florestal Brasileiro (SFB) e a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

O encontro contou com cerca de 60 participantes entre representantes de órgãos do governo, corpo diplomático, universidades, organizações não governamentais e setor privado. O objetivo foi informar sobre as atividades que vêm sendo conduzidas pelo Comitê Organizador do Congresso Iufro 2019, formado pelo Serviço Florestal e Embrapa Florestas, bem como promover e mobilizar atores-chave para o apoio, parcerias e a divulgação do processo de organização.

Na abertura, o representante da FAO no Brasil, Alan Bojanic, nomeado “embaixador” da Iufro 2019 destacou a importância do Congresso para o Brasil, como uma oportunidade para novos conhecimentos no tema florestal. “As florestas têm uma função econômica e social. São chave para a humanidade, já que um quinto depende das florestas”, afirmou Bojanic.

Intercambio

Para o Edson Tadeu, pesquisador chefe da Embrapa Florestas, este Congresso será de grande importância para uma interação entre pesquisadores de várias partes do mundo. “Será também uma oportunidade para que conheçam o trabalho realizado pelo Brasil e que, também, possamos conhecer o trabalho de outros países”.

Além disso, o chefe da Embrapa Floresta apontou que o XXV Congresso também possibilitará conhecer as tecnologias de ponta, o que vem sendo feito em termos de bioeconomia, gestão territorial, biorefinarias, temas em alta neste momento no setor florestal “para que façamos um desenvolvimento florestal sustentável”, ressaltou.

O diretor-geral do Serviço Florestal, Raimundo Deusdará Filho, avaliou que a realização do Congresso Mundial da Iufro pela primeira vez na América Latina significa “um reconhecimento da importância das florestas tropicais e da necessidade de revigorar nossa pesquisa florestal”. Ela agradeceu à FAO pela parceria estratégica em diversas ações da agenda florestal e também como apoiadora na organização da Iufro 2019.

Preparativos

A apresentação do XXV Congresso e de como ele vem sendo organizado foi feita pelo diretor de Pesquisa e Informações Florestais do Serviço Florestal, Joberto Veloso de Freitas, e pela Pesquisadora da Embrapa Florestas, Yeda Malheiros.

O Congresso acontecerá de 29 de setembro a 05 de outubro de 2019 em Curitiba, capital do Paraná, e são esperados 3.200 participantes. Além disso, contará com uma área de expositores para 150 estandes.   O evento estará dividido em cinco sessões plenárias e 16 sub-plenárias. Estão previstos três mil trabalhos cientifico a serem submetidos e 1.200 trabalhos em pôsteres. Também haverá visitas de campo em 15 destinos florestais nas proximidades da capital paranaense.

Veja as fotos do evento.

Saiba mais sobre o XXV Congresso Mundial da Iufro.

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página